8 dicas de organização para quem mora sozinho

segunda-feira, janeiro 18, 2016

Oi margaridas, tchudo certo com vocês? 

Hoje vamos falar sobre um tema um pouquinho perturbador para algumas pessoas e para outras um grito de liberdade: morar sozinha!
Para quem não sabe, fiquei quase 1 ano por conta própria. Minha mãe foi morar em outra cidade a trabalho e tive que me virar para sobreviver em São Paulo. Foi uma experiência incrível para mim, considerando que isso foi sempre um grande desejo meu. Como aprendi muito, nada melhor do que compartilhar algumas dicas com vocês, não é? Vem ver!


01. Estipule um valor médio (semanal ou mensal) de compras no mercado


Dessa maneira fica bem mais fácil de ter controlar gastos excessivos com besteiras. Quando morava sozinha, optei por fazer compras semanalmente. Mas fica a critério de cada um! Isso depende de quanto você pode gastar e a sua disponibilidade para ir no mercado de tempos em tempos.

02. Varie o cardápio de vez em quando


Apresento a vocês uma das minhas especialidades: tabule <3

Essa dica parece bem boba mas faz bastante diferença. Se você comer todo dia a mesma coisa, no almoço e na janta, a probabilidade de chegar a um ponto que você não aguente mais ver essa comida é gigantesca, por mais que você goste! Então você vai comer de tudo: que não presta. Aí é que mora o perigo! Por isso é muito importante variar o cardápio. Se essa semana você fez strogonoff, na próxima faça macarrão, na outra uma salada diferente... e assim por diante. Quem sabe não rola posts com algumas dicas de receitinhas básicas para moradores solitários aqui no blog? :P


03. Reserve o dinheiro para as suas despesas básicas


Importantíssimo! Principalmente se você tem o costume de gastar mais do que deve e passar o resto do mês no vermelho. Por isso reserve o dinheiro das despesas básicas com antecedência em uma poupança, conta a parte ou até de baixo da cama se for necessário! Tudo para evitar o risco de acabar gastando todo dinheiro e não tê-lo mais para pagar as contas!

04. Aprenda a fazer comidas diferentes de tempos em tempos


Essa dica é um complemento da número 2. Se estiver financeiramente difícil de variar a comida, aposte em aprender receitas novas. Lembrando que não precisa ser nada muito difícil ou sofisticado porque isso pode diminuir o seu ânimo para cozinhar em alguns momentos (um beijo especial para as amigas leitoras que têm muita preguiça). Caso goste ou leve jeito para pilotar fogões, vá aumentando o nível de dificuldade aos poucos, na medida da sua habilidade e disponibilidade de tempo. No final, sua saúde agradecerá (e muito)!

05. Evite (ao máximo) compras no cartão de crédito


É uma cilada bino! Mesmo se você é bem controlada, tome cuidado! O cartão de crédito é uma coisa sedutora... Você faz pequenas parcelas em dez mil vezes sem juros e pensa "ah, ok! Tudo sob controle". Até que você se dá conta que juntou várias parcelas e acaba entrando em desespero. Resultado: todo mês você tem que separar grande parte do seu dinheiro para a fatura. Pagar o valor mínimo do cartão pode ser considerado um suicídio pelas altas taxas de juros, que no final, acabam virando uma enorme bola de neve. Por isso use apenas quando for extremamente necessário e com consciência.


06. Estipule dias e períodos para as tarefas de casa


Essa dica é especial para quem tem o tempo bem curto (alô amigas que trabalham e estudam) e precisa se organizar e tirar o maior proveito possível nos finais de semana. Eu fazia da seguinte maneira: sábado de manhã costumava lavar todas as roupas da semana e enquanto as roupas secavam, estudava/fazia os trabalhos da faculdade no resto do dia (sim, nada de baladas para mim minha gente!). No domingo de manhã ia para o mercado e cozinhava a comida da semana, passava algumas roupas e outras coisas mais específicas para cada dia. Dessa forma, sempre mantive tudo em dia.


07. Anote tudo! Seus gastos básicos mensais e outras despesas diversas também




Vamos para a parte mais crítica na hora de morar sozinha: cuidar da parte financeira. Para não passar apertos é essencial que você tenha tudo anotado. Tanto as despesas básicas (água, luz, telefone, internet, cartão de crédito, gasolina/passagem...) quanto seus gastos "supérfluos", que são, por exemplo, roupas, saída com os amigos, um cinema... Coisas desse tipo. Lembrando que reservar esse dinheiro para curtir um pouco é tão importante quanto pagar suas contas. Tem dias que bate aquela solidão principalmente se você é de canceriana ou de signo de água rs que é preciso dar alguns mimos para si mesma de vez em quando, para dar um upgrade no humor.


08. Anote tudo... mas em apenas um lugar! (para os esquecidos de plantão)


Essa dica também é válida para quem ainda está no começo da vida de morador solitário e está um pouco confuso com tantas responsabilidades. Pagar contas atrasadas não é o final do mundo, mas com o dinheiro que você paga a mais de multa poderia economizar para comprar algo para você, concorda? Então é melhor se organizar para ter suas contas em dia e sobrar um dinheirinho para você no final do mês.

Ei, psiu! Quer algumas dicas de organização? Já dei várias dicas super bacanas no blog neste post aqui!


E ai pessoal, alguém aí mora ou já morou sozinho? Tem alguma dica para compartilhar com a gente também? Deixem seus pitacos nos comentários!






Já viu estes aqui?

2 comentários

  1. Achei fofo e bem amorzinho o post! Até favoritei aqui pra quando eu for morar sozinha hahahah

    irianneveloso.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado Irianne! <3 Guarda sim! Você vai ver que essas dicas te ajudarão muito :D

      Beijocas!

      Excluir

Instagram